Urze

Erica cinerea


Identificação

Plantas do género Erica da família das Ericáceas. O género Erica é constituído por cerca de seiscentas e trinta espécies, das quais um pouco menos que seiscentas espécies se encontram na região do Cabo, na África do Sul. Sob o ponto de vista ecológico, muitos brejos tendem a constituir formações estáveis em parte porque os seus restos libertam para o solo substâncias químicas que inibem o crescimento de outras plantas. Os incêndios repetidos ajudam a destruir as outras plantas mas ajudam a formação de brejos, em virtude da parte subterrânea da urze, após o fogo, regenerar a parte aérea.

A urze, Erica cinerea, são arbustos perenes com folhas dispostas em verticilos de três, com fascículos de folhas nas axilas. As folhas são inteiras, com pecíolos muito curtos, ternadas ou quinadas. As flores tetâmeras, ou pentâmeras, reúnem-se em umbelas, fascículos ou cachos terminais. Possui três brácteas próximas do cálice. Possuem sépalas livres e corola campanulada ou gomilosa com cor-de-rosa intenso ou púrpura. A corola é sempre persistente. Possui oito a dez estames que estão inseridos entre os lobos de um disco nectarífero. As anteras podem ser apendiculadas ou não. O fruto é uma cápsula loculicida. A urze pode atingir meio metro de altura.

Família de plantas arbustivas ou de pequenas árvores, espermatófitas, da classe das dicotiledóneas, distribuída por cerca de mil e quinhentas espécies. São plantas lenhosas, que se encontram nos terrenos incultos, como matas, com folhas simples sem estípulas, geralmente alternas e persistentes. Podem também ser opostas ou verticiladas inteiras ou serradas. As flores dispõem-se em cachos e em geral são hermafroditas. As flores também podem aparecer em ecombelas, solitárias ou fasciculadas nas axilas das folhas.

A corola é geralmente simpétala, hipogénica ou epigénica. Os estames inserem-se no receptáculo em dois verticilos ou no disco nectarífero. Os lobos das antenas são livres e geralmente afastados na parte superior. Os grãos de pólen formam geralmente tétradas. O ovário é súpero, muito raramente ínfero. O fruto pode ser uma drupa, uma baga, uma cápsula ou uma pseudobaga.

A Erica cinéria , espécie que existe em Portugal também conhecida por torga e urze pode atingir um tamanho um pouco superior a meio metro. As flores estão dispostas em umbelas por sua vez agrupadas em inflorescências com aspecto de panículas. Possui três brácteas próximas do cálice, sépalas livres e corola rosa intenso ou púrpura. Encontra-se principalmente em terrenos siliciosos, mas tolera os terrenos calcários.

in " http://carnivora.fc.ul.pt/lontra.htm
Comentários
"Estou a ver se encontro palavras... Sinceramente estás de parabéns pelo site que crias-te. É sempre bom termos informações sobre locais a visitar e principalmente ser do nosso pais."
Rui Oliveira
Facebook
Junte-se a nós no Facebook. Deixe-nos o seu comentário ou opinião!