Zimbro

Juniperus communis


Identificação

A família das cupressáceas (Juniperus), que compreende cerca de sessenta espécies, espalhou-se por todo o hemisfério Norte, desde os trópicos até bem acima do Círculo Polar Árctico.

O zimbro (Juniperus communis) é a espécie de folha caduca mais difundida em todo o mundo. Dá-se bem tanto em solos húmidos como secos, desde que receba bastante luz; à sombra torna-se enfezado e amarelento. Nos habitats adequados, os zimbros podem tornar-se árvores com dez metros de altura. Em geral vivem até cerca dos 200 anos, mas os zimbros-rasteiros, que revestem parte das encostas árcticas, podem sobreviver muitos mais séculos.

A madeira de zimbro é relativamente dura, forte e resistente. Resiste bem ao apodrecimento, pelo que é utilizada em ripas para telhados, postes para vedações e estacas de celeiros. É adequada para tornearia, tanoaria, bem como o fabrico de bengalas e hastes de cachimbos. Também é popular em artigos decorativos e recordações. Uma madeira muito aromática, emprega-se ainda em fumeiros de peixe e carne.

Esta planta assemelha-se ao pinheiro, e pode chegar a 5 metros de altura. As folhas, (como as do pinheiro), são pontiagudas, as flores são verde-amareladas e os frutos, de sabor entre o adocicado e o amargo, são redondos e escuros em formato de bagas carnosas que nascem verdes, e quando amadurecem (após três anos), tornam-se pretas, as quais possuem em seu interior três sementes extremamente aromáticas e de sabor marcante.


Localização

Europa temperada e Asia.

Exploração Económica

De sabor apimentado e ligeiramente resinoso, as bagas de zimbro apresentam-se como umas pequenas bolinhas pretas, que podem ser adicionadas, aos preparados, inteiras ou trituradas. Particularmente usadas na cozinha nórdica, são um condimento indispensável das marinadas e dos court-bouillons das receitas de caça – javali, tordo, melro, galinhola. O porco é igualmente beneficiado pela sua presença, bem como os pickles ou a famosa sauerkraut alemã.

Intensamente aromáticas, têm também lugar garantido na indústria da perfumaria e algumas vertentes da medicina naturista atribui-lhes virtudes no combate aos males de fígado e vesícula, bem como na desinfecção de brônquios e pulmões, graças às suas virtudes bactericidas.

Um excelente recurso para a caixinha dos condimentos e especiarias.

in " http://www.vaqueiro.pt/glossarios/ingredientes_detail.aspx?id=440
in " http://www.asterisco.com.pt/bucaco/flora/outras.html
Comentários
"Só passei para dar os meus parabéns por este site ,porque quem gosta de natureza e vida ao ar livre devia passar por este pequeno e belo refugio. Obrigado por falarem da Mizarela."
Pereira
Facebook
Junte-se a nós no Facebook. Deixe-nos o seu comentário ou opinião!